Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

CORTE LIMPO



Segunda-feira, 22.07.13

A pré-época - Taça de Honra da AFL - Parte II

eee

Ao mesmo tempo que a outra metade da equipa disputava um jogo no Canadá (que veio a ter exactamente o mesmo desfecho), no Estoril jogou-se a final da Taça de Honra da AFL. Apesar da falta de experiência e ingenuidade em alguns momentos do jogo destaco:

 

- A disponibilidade física da equipa, mesmo neste momento da época.
- Mais uma vez a importância de João Mário na manobra da equipa. Quando ficou diminuído fisicamente a equipa simplesmente deixou de funcionar.
- A boa alternativa que Ricardo Esgaio poderá ser à posição de defesa direito.
- A eficácia de Betinho.
- O grande jogo de Iuri Medeiros.

 

Apesar de a meio da segunda parte ter estado "encostada às cordas", mais próxima de ser goleada do que recuperar a desvantagem, esta equipa do Sporting foi premiada pela sorte, por ter acreditado na reviravolta. Apesar do resultado positivo, mesmo que a vitória tivesse sorrido ao Estoril nos penalties, foi um jogo aberto, com futebol ofensivo apresentado por ambas as equipas e que foi um excelente espectáculo para quem assistiu. Teria sido bem pior se o Sporting e o Benfica se tivessem apresentado na máxima força e todos os jogos terminassem 0-0.

Segue-se a Real Sociedad no dia 27, para finalmente ver acção os jogadores que se destacaram no Canadá.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Kirovski às 11:04

Domingo, 21.07.13

A pré-época - Taça de Honra da AFL

dfdsf 

Deste primeiro jogo na televisão:

 

- Parece-me que a equipa B do Sporting é capaz de fazer outra boa época na segunda liga

- Ainda há muito trabalho tactico a ser feito, sobretudo na defesa

- João Mário é jogador

- Jeffren é um misto de falta de sorte, infelicidade e azar

- Viola entrou bem num jogo a jeito para as suas características (velocidade, diagonais). No ano passado, quando entrava com a equipa a perder, é óbvio que não conseguia mostrar o seu futebol. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Kirovski às 12:51

Quarta-feira, 10.07.13

O Treinador - Leonardo Jardim

Já aqui fiz referência à renovação do Prof. Jesualdo, que, na minha opinião, teve o desfecho que melhor serviu os interesses do Sporting. Apesar do trabalho sério desenvolvido pelo Professor, devido a uma série de razões (desde os resultados desportivos à mudança de direcção) acredito piamente que não estavam reunidas as condições para que o Professor continuasse. Quer fosse por questões salariais, de poder (afinal o Professor foi contratado como manager) ou qualquer outra desculpa, o projecto de Bruno Carvalho tinha de arrancar rumo ao futuro. E infelizmente, o Professor não cumpre esse requisito.

 

O perfil desejado era quase unânime: jovem mas com provas dadas, ambicioso, rigoroso, que encaixasse no tecto salarial, e de preferência (já agora!) sportinguista. A escolha natural era Leonardo Jardim. De todos os nomes avançados para suceder ao Professor, Leonardo Jardim era sem dúvida o mais consensual. Apesar das boas épocas de Marco Silva e Rui Vitória, a lembrança de Paulo Sérgio ainda está bem viva na memória de todos. A experiência com Sá Pinto também mostrou que não basta um Sportinguismo ferrenho e passado como jogador para levar a nau a bom porto. Para além disso, a maior parte das soluções disponíveis no estrangeiro (as credíveis, claro está) estavam fora de alcance em termos financeiros.

 

Pessoalmente gostei da escolha, acho que é a melhor solução disponível para a realidade do Sporting. Mas estarão reunidas as condições para o sucesso deste treinador? À partida - tirando o apoio da direcção, que espero que se mantenha independentemente dos resultados - o caminho para qualquer tipo de sucesso será longo e difícil. Primeiro porque neste momento o Sporting está em guerra em todas as frentes e será um alvo a abater. Árbitros (a "passarada"), o famoso sistema (até agora condenado apenas no Tribunal Superior do Youtube) e os inimigos internos dentro do próprio Sporting (os senhores das consoantes dobradas) serão ferozes na guerra contra esta direcção e consequentemente contra o trabalho deste treinador. Segundo, porque a equipa mal se irá reforçar depois de uma temporada catastrófica. E terceiro porque a pressão no Sporting é sempre imensa, apesar de todos conhecerem estes constrangimentos. Apesar de se baixarem as expectativas, todos os adeptos do Sporting tem expectativas de serem "surpreendidos"... 

 

Neste momento que o Sporting atravessa, de profunda reestruturação a todos os níveis, no futebol o treinador é a peça essencial. Tal como Domingos foi a peça essencial no projecto de Godinho Lopes (aliás, sem ele, o projecto desmoronou-se em meia dúzia de meses), também Leonardo Jardim  terá de ser o elemento a fazer a diferença, trazendo os jogadores para um patamar de alto rendimento, como há muito não se vê em Alvalade. O passado mostrou que não é impossível. Inácio foi campeão com uma equipa que partiu em clara desvantagem e que em termos de valores individuais não era superior ao FCP de Jardel (!!!). José Peseiro montou uma equipa com uma série de jogadores que não voltaram a jogar ao nível dessa época (Douala? Rochemback? Miguel Garcia? Enakarhire?), que apesar de não ter ganho nada, praticou um excelente futebol. Aliás, é esse o meu único pedido a Leonardo Jardim: o regresso do bom futebol a Alvalade. Competitividade, atitude, mentalidade ofensiva. Espero sinceramente que esta mentalidade seja possível de implementar neste plantel, que se virmos bem, conta ainda com grande parte das "estrelas" que Godinho Lopes contratou, mas que não tiveram o rendimento desejado (Capel, Carrillo e...Jéffren!!).

 

Só que, tal como o melão, que só depois de aberto se sabe se é bom, também o trabalho do novo treinador e a qualidade dos reforços (a maior parte desconhecidos - serão pré-analisados num futuro post), só poderão confirmar ou desmentir as impressões iniciais quando a bola começar a rolar. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Kirovski às 18:52

Segunda-feira, 08.07.13

Corpo do Plantel - Benfica

 

Recheado ou não recheado eis a questão? Não estou a falar de bolas de Berlim, mas sim das posições em campo do Benfica. Tenho que admitir que há zonas do campo onde soluções não faltam, mas será que temos o plantel equilibrado? Será que teremos que gastar mais uns trocos de forma a adquirir algumas peças que possam ser importantes? É gritante ainda a falta de solução no meio campo defensivo, Matic é máquina, mas toda a máquina precisa de manutenção de vez em quando.

 

Guarda-Redes: Artur | Paulo Lopes | Jan Oblak | Mika

 

Continuo a achar que Artur será a melhor solução, e não tendo só memória curta e relembrando algumas falhas no final do ano passado, tenho a certeza que ele continuará a dar pontos ao Benfica. Se este decidir sair, apostava em Jan Oblak, se assim não for o caso seria bom ver Jan Oblak mais um ano emprestado a ganhar confiança e ritmo.

 

Defesa-Direito: Maxi Pereira | André Almeida | Ruben Amorim 

 

Considero o duo Maxi / André Almeida suficientemente bom para que o lado direito nunca comprometa. Se houver lesão de algum, teremos sempre Ruben Amorim como uma solução minimamente válida.... Será sempre melhor que Miguel Vitor.

 

Defesa-Esquerdo: ?Sílvio? | Melgarejo | André Almeida

 

Ainda não vi o Sílvio com a camisola vermelha, por isso os ???, mas contando que ele vem, posso achar que temos uma solução aceitável do lado esquerdo. Acredito que Melgarejo venha melhor este ano, mas ainda precisa de melhorar um pouco no seu posicionamento táctico. No entanto, ainda acho que há muito a melhorar deste lado.

 

Defesa-Central: ?Garay? | Luisão | Lisandro Lopez | Steven Vitória | Mitrovic | Jardel

 

Certamente Garay sairá das minhas contas brevemente, seria difícil de explicar o exagerado número de compras para o miolo da defesa se Garay não fosse sair. É possível que LL seja a primeira escolha para acompanhar Luisão na defesa, nem que seja pelos valores gastos na sua contratação. Curioso para ver Mitrovic e Steven deverá ter algumas possibilidades ao longo da época.

 

Médio Defensivo: Matic | Ruben Amorim | André Almeida

 

Matic é o único puro médio defensivo do Benfica, mas mesmo essa pureza é questionável, a coisa é certa, para o nosso campeonato ele é deveras fabuloso naquela posição. As outras duas alternativas são para cumprir serviços mínimos. Uma posição a melhorar.

 

Médio Centro: Enzo Perez | Ruben Amorim | André Gomes | Djuricic

 

Enzo foi uma das surpresas da época 2012/2013, um jogador adaptado que nos deu a possibilidade de tentar esquecer Witsel de certa forma, eu não esperava tão grande rendimento de sua parte. É bom ter de volta RA, acho que o ano passado nos fez um pouco de falta quando Enzo jogava a cada 3 dias, seria uma boa solução para alguns jogos. Espero ver André Gomes a subir na hierarquia este ano, o rapaz tem talento.

 

Médio Ofensivo: Đuričić | Sulejmani | Gaitan | Carlos Martins

 

Acho que um destes dois sérvios ficará com a batuta de médio ofensivo se assim o Benfica jogar. Tenho receio, um bom receio, que um destes dois comece a jogar de forma fabulosa e obrigue, como Witsel obrigou, a que o sistema táctico passe muitas vezes pelo 4-5-1. Gaitan continua a ser uma boa solução para este lugar, apesar da sua melhor posição ser na esquerda. Carlos Martins já podia era ir jogar para outros lados, não é jogador para o Benfica.

 

Médio Direito: Sálvio | Sulejmani |Markovic | Gaitan

 

Este lado é de Sálvio, impossível vê-lo fora dele, mas apesar disso será bom ter alguém de qualidade semelhante do mesmo lado. Sulejmani já jogou no lado direito, mas é esquerdino, o que faz dele uma solução diferente do lado direito.

 

Médio Esquerdo: Gaitan | Ola John |Urreta

 

Foi mais ou menos assim a dinâmica do ano passado, não correu mal por isso espero que este ano ainda seja melhor e que o Ola John consiga ter um rendimento mais regular durante a época inteira.

 

Avançado: Lima | ?Cardoso? | Rodrigo | Markovic | Nelson Oliveira

 

Lima é sem dúvida, para mim, essencial. Não só pelos golos que marcou, mas pelo futebol que cria, consigo enquadra-lo num futebol mais rápido e num futebol mais pausado. Cardoso deverá sair, nunca gostei muito do que ele oferecia à equipa para além dos seus 30 golos anuais, mas a coisa é certa, são 30 golos… Para combater isso, acredito que este ano será o ano de Rodrigo, um ano que ele pense em se impor no Benfica e não um ano que ele pense que por meter 20 golos vai conseguir chamar “grandes clubes” para lhe dar um maior pay-day. Markovic, ainda tenho que o meter nesta posição, espero para ver. Nelson Oliveira, um empréstimo ao Rio Ave ou ao Arouca não lhe fazia mal nenhum, o seu Ego é superior ao jogador que é neste momento.

 

Em suma, tirando o assunto médio defensivo e defesa esquerdo, acho que temos boas soluções para ganhar alguma coisinha de importante este ano.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por SamuelOkunowo às 08:42

Domingo, 07.07.13

Pré-época - Novelas do Sporting

 

Foram já muitas as novelas à volta do Sporting desde que a época acabou. Aliás, até houve uma que começou antes disso: a continuação do Prof. Jesualdo. Pois é, o homem era a pessoa ideal para continuar o projecto, porque tinha feito um grande trabalho nos meses anteriores etc. Discordo. Fez os mínimos, o trabalho possível no meio do caos. Todos os sportinguistas lhe estão gratos pelo trabalho que desenvolveu mas ficamos por aí. Isto é, recuso a acreditar que o Prof. Jesualdo era a única pessoa capaz de fazer um bom trabalho em 2013/14. Até porque o Prof. não tem nem nunca teve um estilo de futebol que entusiasmasse. Portanto, é óbvio que o Sporting não iria renovar com o Prof. fosse qual fosse o preço. Quanto à solução arranjada será assunto para outro post.


Depois as despensas e as renovações. Se há algo que é unânime é a opinião sobre a gestão do Eng. Godinho Lopes. Sempre me pareceu um indivíduo com boas intenções, mas que infelizmente não percebia patavina sobre futebol. Rodeou-se dos maiores craques no assunto (Duque & Freitas) mas deixou-se facilmente manietar e embarcar em negócios que interessaram apenas a quem recebeu comissões e nunca ao Sporting. Infelizmente os problemas não acabaram com a saída do Eng. Godinho, muito pelo contrário. A herança é pesada e a situação grave. Evitando falar dos negócios verdadeiramente ruinosos, como a "compra" do Miguel Lopes (ao que parece já muito próximo de seguir viagem para França), a colecção de internacionais na casa dos 30 com ordenados chorudos é o grande problema deste defeso. Mesmo sendo apreciador das qualidades do Onyewu (e de ter uma certa pena que ele não continue na equipa), creio que este é mesmo o maior desafio do Inácio para este verão: despachar estes activos sem os desbaratar, fazendo com que o Sporting perca o menos dinheiro possível e se possível ainda consiga sacar algum.


Outro dossier que transita da direcção anterior é o da renovação de contratos, de uma série de jovens que em condições normais teriam feito uma boa época na equipa B. Mas com o caos da época passada, tiveram de ser usados na equipa A onde não deram muito má conta do recado. Os casos bicudos são os de Tiago Ilori e Bruma. Infelizmente há muitos anos que o futebol é mais negócio do que paixão e há muito que o futebol está rodeado de parasitas que tentam sacar para si uma boa fatia do dinheiro que circula entre clubes e jogadores. Neste caso particular os jovens Ilori e Bruma serão feitos exemplos para o futuro, para o bem ou para o mal. Porque com Bruno de Carvalho parece-me que só existem dois cenários possíveis: ou renovam pelos valores que o Sporting quer e continuam a jogar regularmente no Sporting, beneficiando da exposição que o clube dá e da carência de jogadores que existe neste momento para se afirmarem ou.... encostam às boxes até terminar o contrato e depois logo se vê. Há uma coisa que eles tem de perceber: há uma grande diferença entre chegar a um Chelsea tendo custado 15 milhões ou vindo a custo zero. Pode parecer que as oportunidades são as mesmas mas não são. Um jogador de 15 milhões é um investimento avultado que tem de ser acarinhado e protegido, para poder ser rentabilizado. Um jogador que chega a custo zero é só mais um... que ao primeiro erro se arrisca a ir parar à bolsa de emprestados. Há excepções como em tudo na vida, mas há que ter juízo. Pessoalmente, com um cenário ou outro, os interesses do Sporting serão sempre salvaguardados, porque os que vierem a seguir perceberão que as coisas são como são. Não são como os empresários, jornalistas ou demais parasitas querem.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Kirovski às 12:41

Domingo, 07.07.13

Tropa Sérvia, Futuro ou Fogo de Vista?

A minha primeira cartada será uma jogada certa, falar dos nossos novos Sérvios que todos nós Benfiquistas esperamos que sejam tão bons ou melhores que o nosso Matic. Mas desde já me apresento, como vão ter a possibilidade de ver, eu sou o colaborador afecto ao Benfica, venho aqui para falar da minha visão do Benfica, sempre dividida por vários tópicos para que a leitura se torne mais simplificada. Como é obvio tenho imensos tópicos que quero tocar, alguns deles antigos, outros mais actuais e os famosos rumores que deverei comentar muito assiduamente. 


Miralem Sulejmani – Este é dos Sérvios que vem para o Benfica o que tem mais historial no futebol europeu, nem que fosse por continuar a ser o jogador mais caro de sempre do futebol holandês. De realçar que todas as suas transferências foram sempre explosivas, desde a sua partida do futebol sérvio para a Holanda e agora para o Benfica. Falando das suas capacidades, ele tem bastantes, mas também é certo que desde a sua lesão e sua não vontade de renovar com o Ajax que já faz quase ano e meio que ele não toca na bola de forma regular. Deixa sempre uma pessoa a pensar como uma antiga super ultra promessa, com 24 anos, vem para o Benfica sem nenhum retorno económico, será que continua a ser o mesmo? Onde o Benfica foi buscar essas informações? Estou curioso para saber se temos um jogador com vontade de voltar a ser o mesmo a nível de capacidades e quando ai chegar de ter a ousadia de querer ser ainda melhor, ou se vamos ter um jogador acomodado ao seu passado e com a mentalidade do que faz, já é suficientemente bom. Vem também discutir um lugar com alguns indiscutíveis na frente de ataque, vamos ver se os consegue ultrapassar.

 

Filip Djuricic - Posso dizer que estou ansioso por ver este jogador pela primeira vez, nunca vi nenhum jogo dele mas estou perante um jogador que desde os seus 18 anitos joga como figura de destaque de um clube modesto holandês mas que conseguiu de certa forma bons resultados no campeonato, de referir um oitavo e quinto lugar nas últimas duas épocas. Com 21 anos chega ao Benfica como a solução mais válida para numero 10.

Depois de vários vídeos de Youtube, vi nele excelentes atributos no passe e a criatividade necessária para se integrar na perfeição no estilo ofensivo do Benfica, claro que a minha visão, não se faz só de vídeos de Youtube, se não neste momento estaria a dizer que o Denilson é dos melhores jogadores de sempre, mas devido a várias conversas com amigos e fanáticos pela bola como eu, só ouvi boas coisas.

 

Lazar Marković – Mais uma vez serei obrigado a dizer que nunca vi nenhum jogo de Marković, mas não escondo o meu conhecimento firme no seu nome e potencial, não fosse ele um dos Wonderkids a nível mundial. A par de Kovacic (Croata) e que já milita no Inter de Milão e de Halilovic (Croata) de quem se fala estar de malas aviadas para Londres, Marković é uma das estrelas emergentes dos Bálcãs, vamos todos esperar que seja um Jovetic e que demonstre todo o seu potencial desde cedo. Este ocupa uma posição complicada no Benfica, visto que começará a existir um válido nº 10 no Benfica e certamente o Benfica adoptará por vezes o 4-5-1 onde só um ponta de lança joga,e sabendo que Lima e Rodrigo e ainda Cardoso estão a frente na hierarquia, vamos ver como Jesus fará uso de Marković. Na mesma, se não for este ano, para o ano será com toda a certeza um jogador essencial no 11 do Benfica, isto claro, se todo o seu potencial vier cá para fora.

 

Stefan Mitrović – Este para mim é uma novidade em todos os sentidos, nunca tinha ouvido falar dele, só sei que jogava num clube de meio de tabela do campeonato Belga. Aqui vou dar o benefício da dúvida a quem observa o futebol e a quem é pago para encontrar soluções válidas para o plantel Benfiquista. Mesmo assim posso enquadra-lo no plantel, e tendo Luisão (a envelhecer e depois de uma época a meio gás), Garay (com meia perna fora do Benfica) e com Jardel (que não tem a classe suficiente para ser patrão da defesa) como únicas soluções válidas para o miolo da defesa, espero que esta contratação seja uma aposta acertada.

 

Acho que não é preciso falar dos irmãos de Matic e Markovic, vem cá para jogar na equipa B e para serem bons influenciadores. No que diz respeito, Matic e Markovic não se podem queixar do apoio Benfiquista na sua vida pessoal.

 

Será de esperar pela pre epoca para ver o que estes jogadores nos trazem, também sera de ver onde serão colocados e quem ficará de fora. A coisa certa é que estes jogadores nos dão mais soluções e profundidade ao plantel, profundidade tal que grande parte do banco do Benfica teria lugar em qualquer plantel do 3º lugar para baixo da liga portuguesa.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por SamuelOkunowo às 00:44

Sábado, 06.07.13

Início de Actividade

Nada como a pré-época das equipas para se fazer também a pré-época de quem escreve. No Corte Limpo propomo-nos a entrar de carrinho à actualidade do futebol português e ver as coisas como são, sem isenção mas também sem palas nos olhos. Apesar de arrancarmos com dois colaboradores, um afecto ao Benfica e outro ao Sporting, está nos nossos horizontes termos um representante do FCP no futuro. Um desejo, mas não uma urgência...

 

Resta dizer que este blog não tem qualquer agenda a nível propagandístico para este ou aquele presidente, este ou aquele treinador, este ou aquele jogador. Interessam-nos os nossos clubes e, acima de tudo, o futebol jogado, mas não nos iremos poupar a comentar outros assuntos que nos pareçam pertinentes, independentemente das susceptibilidades de seja quem for. Além disso, resta dizer que em primeiro lugar escreveremos sempre para nós, sem qualquer tipo de preocupação com leitores, visibilidade ou popularidade. O "mercado" dos blogs de futebol está já bastante saturado e não faltam leituras por onde escolher...

 

Saudações desportivas

A gerência

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Kirovski às 16:37



Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Julho 2013

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031