Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

CORTE LIMPO



Domingo, 29.12.13

Taça da Liga – Sporting CP 0-0 FC Porto – As fichas de Fabiano

Nunca um clássico se disputou tão cedo na Taça da Liga. E as circunstâncias obrigaram o FC Porto a poupar menos unidades do que é costume em jogos para uma prova tradicionalmente menosprezada pelos dragões.

Tal não significou que o encontro de Alvalade fosse um mimo. Durante a primeira metade o jogo foi sensaborão, praticamente sem lances de perigo extremo do lado do FC Porto, enquanto as jogadas mais acutilantes construídas pelo Sporting terminavam em remates à figura de Fabiano.

Foi na segunda parte que o vice-guarda-redes portista chamou a si os holofotes, graças a um punhado de defesas que impediu o marcador de funcionar. Fabiano tem provado ser um suplente à altura, tanto entre os postes como nas saídas.

O momento mais exuberante do brasileiro surgiu a quinze minutos do fim, quando completou uma saída destemida aos pés de Carrillo com mais duas paradas, num lance em que se deslocou praticamente à largura da baliza no conjunto das três defesas.

O miolo portista, mesmo sem ter precisão maquinal porque Herrera esteve disperso, fechava bem os caminhos da sua baliza. O mexicano cederia o lugar a Lucho, e minutos mais tarde deu-se a saída forçada de Fernando. E foi aí que o jogo se desequilibrou.

Sem o “Polvo” o Sporting passou a ter mais facilidade em chegar ao último terço do terreno. Esse pendor atacante levará muitos a acreditar que o desfecho mais justo seria a vitória leonina. No entanto, o empate adequar-se-á, porque além do mérito de Fabiano, deve juntar-se os desperdícios do pouco utilizado Vítor, perto do fim, que em posição privilegiada colocou a bola uma nesga ao lado do poste, e da própria equipa do Sporting, que não aproveitou a superioridade numérica depois de Carlos Eduardo ser expulso – eis um travão na ascensão do médio.

Neste jogo o Sporting terá sido mais incisivo que o FC Porto, mas esbarrou sempre em Fabiano, que juntou mais fichas à sua aposta como sucessor de Helton. Numa altura em que o veterano guardião ainda não renovou, essas fichas podem revelar-se bem valiosas.

Quanto à competição, o empate significa que quem deslizar nos dois jogos que faltam no Grupo B ficará pelo caminho. Caso tudo corra como no livrinho, poderemos ter de utilizar o estapafúrdio critério da menor média de idades do plantel para desempatar. E aí certamente o Sporting terá vantagem.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Miran Pavlin às 23:45



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Dezembro 2013

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031