Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

CORTE LIMPO



Quarta-feira, 25.05.16

RIO AVE FC 2015/16

Há cerca de três anos era o Estoril quem vivia o melhor período da sua história, graças a boas classificações finais, que garantiram mesmo idas à Liga Europa. Volvido esse tempo, o testemunho passou para as mãos do Rio Ave, que repetiu o sexto posto de 2012/13, conseguindo com isso o seu segundo apuramento para as provas da UEFA.

Os vila-condenses não terão sido extravagantes, em termos do futebol praticado, mãs não deixou de saltar à vista a capacidade da equipa em marcar golos. O Rio Ave realizou esta época 43 jogos, em todas as competições nacionais, e apenas ficou em branco em oito ocasiões. O Rio Ave não só marcou golos em cada uma das primeiras dez jornadas do campeonato – nessa altura os restantes 17 participantes já tinham ficado a seco pelo menos uma vez – como ainda conseguiria outra sequência a marcar, agora de nova jogos, entre as rondas 12 e 20. O Rio Ave terminou com 44 golos marcados na Liga NOS; talvez tivesse conseguido ficar um pouco mais alto se não tivesse sofrido igual número.

A produtividade ofensiva, no entanto, permitiu à equipa de Vila do Conde andar praticamente toda a época entre o quinto e o sétimo lugares, com predominância para o sexto posto, o qual ocupou em 12 jornadas. A época terminaria, então, em festa, mas o Rio Ave não se livrou de um susto, já com a meta à frente do nariz. Um empate em Tondela (1-1), à jornada 32, fez o Rio Ave descer ao sétimo posto, que seria oitavo na semana seguinte, após derrota caseira (1-3) com o FC Porto. Uma quebra semelhante, na mesma fase da temporada passada, atirou o Rio Ave para o décimo lugar, mas o desfecho não se repetiu. Na última jornada os vila-condenses a fizeram a sua parte, e a conjugação de resultados fez o resto, devolvendo o Rio Ave ao mágico sexto posto, que abriu então as portas da Europa do futebol.

 

Sessões contínuas

Rio Ave e Braga parecem ter uma atracção irresistível um pelo outro. Nunca duas equipas se defrontaram tantas vezes no espaço de três temporadas. Vila-condenses e arsenalistas esgrimiram argumentos pela terceira vez consecutiva nas meias-finais da Taça de Portugal, e se no primeiro cruzamento foi o Rio Ave a sair por cima, nos dois anos seguintes o Braga tornou-se na némesis do Rio Ave, que não mais o ultrapassou. Esta época, em cinco jogos, o Rio Ave fez apenas um golo ao Braga, e numa derrota por 5-1, na 19.º jornada da Liga. Confira então a lista dos 15 jogos:

03.11.2013           Braga 0-1 Rio Ave             Liga, 9.ª jornada

13.02.2014           Rio Ave 2-1 Braga             Taça da Liga, meias-finais

21.03.2014           Rio Ave 1-1 Braga             Liga, 24.ª jornada

26.03.2014           Braga 0-0 Rio Ave             Taça de Portugal, meias-finais

16.04.2014           Rio Ave 2-0 Braga             Taça de Portugal, meias-finais

27.09.2014           Braga 3-0 Rio Ave             Liga, 6.ª jornada

04.02.2015           Rio Ave 0-2 Braga             Taça da Liga, fase de grupos

28.02.2015           Rio Ave 0-2 Braga             Liga, 23.ª jornada

07.04.2015           Braga 3-0 Rio Ave             Taça de Portugal, meias-finais

30.04.2015           Rio Ave 1-1 Braga             Taça de Portugal, meias-finais

21.08.2015           Rio Ave 1-0 Braga             Liga, 2.ª jornada

24.01.2016           Braga 5-1 Rio Ave             Liga, 19.ª jornada

27.01.2016           Rio Ave 0-0 Braga             Taça da Liga, fase de grupos

04.02.2016           Braga 1-0 Rio Ave             Taça de Portugal, meias-finais

02.03.2016           Rio Ave 0-0 Braga             Taça de Portugal, meias-finais

O Rio Ave venceu quatro jogos, contra seis do Braga, com cinco igualdades. 19-9 em golos para o Braga.

 

Treinador

Pedro Martins tem construído uma carreira interessante desde que começou a treinar na I Liga, ao serviço do Marítimo, clube que qualificou para a Liga Europa em 2012 e conduziu a uma digna presença na fase de grupos. Martins repetiu a receita nesta primeira época no Rio Ave e o resultado global é novamente positivo, apesar do amargo de boca na Taça de Portugal.

 

Figuras

Tarantini tornou-se no jogador com mais jogos pelo Rio Ave, com 201 jogos, ultrapassando o mítico Niquinha. Guedes e Renan Bressan foram os melhores marcadores da equipa no campeonato, com seis golos cada, enquanto mais atrás Kayembé, Roderick e Marvin Zegelaar, que sairia para o Sporting no mercado de inverno, foram os elementos em destaque. Foi também em Janeiro que Hélder Postiga chegou ao clube, ainda a tempo de apontar cinco golos na Liga. Apesar de influente, Ukra não foi tão letal como em outras campanhas, terminando com apenas um golo marcado.

 

Contas finais

Campeonato: 6.º lugar, com 14v, 8e, 12d, 44gm, 44gs, 50pts

Taça de Portugal: eliminado nas meias-finais (Braga, 0-1f, 0-0c)

Taça da Liga: eliminado na fase de grupos

 

Para mais tarde recordar

12.12.2015, jornada 13 – vence pela primeira vez o Arouca em jogos da I Liga;

06.01.2016, jornada 16 – ao empatar a um golo, o Rio Ave somou o seu primeiro ponto em casa do FC Porto desde 2004/05;

18.03.2016, jornada 27 – primeira vitória do Rio Ave em casa frente ao Marítimo desde 2003/04;

14.05.2016, jornada 34 – apuramento para a Liga Europa, graças a uma vitória em casa do União (1-2).

 

Para esquecer

27.01.2016, Taça da Liga: eliminado na fase de grupos após um nulo caseiro com o Braga, que jogou com menos um homem cerca de meia hora;

13.03.2016, jornada 26 – ao perder por 1-0, o Rio Ave continua sem vencer em casa do Nacional em jogos da I Liga.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Miran Pavlin às 12:45




Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Maio 2016

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031