Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

CORTE LIMPO



Sexta-feira, 02.06.17

VITÓRIA FC 2016/17

Tantas vezes o Corte Limpo pediu, que o seu desejo foi satisfeito: José Couceiro regressou a Setúbal, trazendo consigo a saída para as aflições por que o Vitória costuma passar em termos classificativos. Contando com um dos plantéis mais portugueses da Liga NOS, o Setúbal entrou na temporada com duas vitórias e dois empates, juntando-lhe mais quatro triunfos e duas igualdades até à viragem do calendário. Não sendo números invejáveis, eram suficientes para levar o clube até a um tranquilo décimo lugar, dez pontos acima da zona proibida da tabela. Duas vitórias no arranque da segunda volta içaram os sadinos até ao sexto lugar, em mais um sinal de que com Couceiro, pelo menos até aí, o Setúbal teve outra cara.

 

ENGRANDECIMENTO

O Vitória foi o maior empecilho dos ditos grandes em 2016/17. Logo à segunda jornada o Setúbal ficou a oito minutos de um raro triunfo na Luz, mercê do golo de Frederico Venâncio (66’), mas o Benfica empataria numa grande penalidade convertida por Jiménez (82’). À jornada 9 foi a vez de o FC Porto perder pontos, num nulo no Bonfim. O Setúbal ainda festejou um golo aos 75 minutos, mas Fábio Pacheco estava em fora-de-jogo.

A jornada 19 trouxe o quebrar de um enguiço, com o Setúbal a bater o Benfica em casa (1-0) pela primeira vez desde 1998/99, através de um golo de Zé Manuel (21’), homem emprestado pelo FC Porto. Para que não houvesse queixas, na 26.ª jornada foi um jogador emprestado pelo Benfica a tirar dois pontos ao FC Porto, no caso João Carvalho (56’), em resposta ao golo de Corona (45’+1’). Este empate foi a estocada que deu início ao desmoronamento dos dragões.

 

TAÇA DA LIGA

O quinhão do Sporting foi entregue na Taça da Liga. Na última jornada da fase de grupos, um triunfo sobre os leões (2-1) forçou a aplicação daquele que decerto será o critério de desempate mais invulgar do futebol: a média de idades maia baixa. Frederico Venâncio (19’) abriu o activo e Elias igualou (79’), antes da grande penalidade decisiva de Edinho (90’+4’). O lance motivou fortes protestos do Sporting, mas não havia nada a fazer; com as equipas totalmente empatadas em pontos e em golos, foi a juventude dos sadinos a fazer a diferença. Até este ponto, o Vitória tinha eliminado o Santa Clara (2-0) na segunda ronda, para na fase de grupos perder no reduto do Varzim (1-0), e vencer o Arouca (1-0). Na final-a-quatro no Algarve, o Braga não deu hipóteses ao Vitória, triunfando por 0-3 na primeira meia-final.

 

SEGUNDA VOLTA

José Couceiro só não conseguiu fazer com que a equipa durasse até final da época, o que justifica o 12.º lugar final. Depois de chegar então ao sexto posto à jornada 19, o Vitória só somou mais dois triunfos – Moreirense (c) e Nacional (f) – e quatro empates, descendo mesmo até ao 13.º lugar na penúltima jornada. A época terminaria com nuvens negras a adensarem-se sobre o Sado, na forma de cinco derrotas consecutivas (jornadas 29 a 33), quatro jogos sem marcar (28.ª à 31.ª) e seis encontros consecutivos a sofrer golos (da 29.ª jornada até final). Depois do razoável percurso até Janeiro, a época terá terminado na altura certa.

 

FIGURAS

Edinho entrou na equipa apenas no mercado de inverno, mas ainda foi a tempo de ser o melhor marcador da equipa, com oito golos. O guarda-redes Bruno Varela, também emprestado pelo Benfica, valorizou-se. Frederico Venâncio foi o patrão da defesa, enquanto João Amaral, homem descoberto no Pedras Rubras, apontou cinco golos no campeonato. O camaronês Meyong, símbolo do Vitória, terminou a carreira, e foi o único estrangeiro a marcar pelo Setúbal neste campeonato.

 

CONTABILIDADE

Liga NOS: 12.º lugar, 10v-8e-16d, 30gm-39gs, 38 pontos;

Taça de Portugal: eliminou o Trofense (0-0 a.p., 2-4 g.p.) e o Benfica de Castelo Branco (0-2), caindo nos oitavos-de-final frente ao Sporting (0-1);

Taça da Liga: eliminado nas meias-finais pelo Braga.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Miran Pavlin às 13:00




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Junho 2017

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930