Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

CORTE LIMPO

Todas as fotografias neste blog encontram-se algures em desporto.sapo.pt, salvo indicação em contrário



Sábado, 02.11.13

Sporting 3 - Marítimo 2 - A visita de fantasmas antigos

Depois da derrota no Dragão e antes de uma visita à Luz era fundamental voltar às vitórias. Tal aconteceu mas não foi fácil. O Sporting apresentou-se com algumas alterações em relação ao último jogo (entraram Dier, Jefferson, Vitor e Capel) e entrou bem no jogo, com uma boa atitude competitiva, premiada com o primeiro golo da partida aos 29 por Diego Capel. Apesar de ter surgido de uma boa jogada do espanhol, a fazer uma diagonal da direita para a esquerda, mesmo a jeito para a rematar colocado com o pé esquerdo, confesso que me faz confusão o seu posicionamento no lado direito do ataque. Apesar de ser uma estratégia usada frequentemente para baralhar marcações, nessa zona do terreno, Capel é pouco mais que inconsequente quando ensaia cruzamentos do lado direito... mas adiante. Parecia que o mais complicado estava conseguido, mas os minutos seguintes vieram provar exactamente o contrário. Um livre directo superiormente executado e um penalty fortuito, numa altura em que o jogo estava bastante aberto fez com que, sem que nada o fizesse prever, o Sporting chegasse ao intervalo a perder. Esta falta de sorte) tão normal na época passada!) era demasiado penalizadora para aquilo que a equipa tinha produzido na primeira parte. 

Felizmente a justiça no marcador chegou no segundo tempo. Com a saída de Carrillo (muito apagado e pouco decidido), o futebol atacante do Sporting tornou-se mais objectivo e por pura infelicidade (Montero falhou duas boas oportunidades para empatar) o empate chegou apenas aos 67 minutos, num belo golo de Slimani (o pinheiro que faltava desde os tempos do Paulo Sérgio). Até ao final registo para outra oportunidade perdida (escandalosa - desta vez por Slimani) e o lance do penalty que resolveu o jogo. No geral, foi uma exibição bem conseguida da equipa, num jogo com emoção, golos, incerteza no resultado que certamente não defraudou quem esteve no estádio. Mais do que os resultados positivos, era isto que faltava ao Sporting.

 

Nesta noite destaco Diego Capel (pelo golo e por ter sido o motor da equipa), Slimani (decisivo), William Carvalho (o pêndulo) & Adrien (muita luta e muito trabalho). Houve muitos passe falhados e muitas bolas perdidas... é certo que foi algo que aconteceu de parte a parte, mas é necessário muito trabalho nos treinos para que isto deixe de acontecer. A defesa teve alguns momentos de fragilidade (bolas paradas, alguns duelos em velocidade) mas felizmente sem que tivessem afectado a conquista dos 3 pontos. 

Segue-se um jogo ingrato quer para o Benfica quer para o Sporting, numa altura em que o campeonato vai voltar a parar 3 semanas. Sinceramente, creio que esta redução do número de equipas a jogar na primeira divisão veio prejudicar a competitividade da prova e estes logos períodos sem jogos "a sério" só prejudica as equipas. Numa altura em que a liderança da Liga de Clubes é posta em xeque, esperemos que o futuro do futebol em Portugal seja repensado e siga numa direcção que beneficie a competição e o público em geral. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Kirovski às 22:38


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Novembro 2013

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930