Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

CORTE LIMPO

Todas as fotografias neste blog encontram-se algures em desporto.sapo.pt, salvo indicação em contrário



Domingo, 24.11.13

Vitória de Guimarães 0 - Sporting 1 - Sofrimento desnecessário

 

Na flash interview do final do encontro, Leonardo Jardim explicou que não podia pôr Slimani em campo sem que a equipa estivesse preparada para o receber. Portanto, antes do argelino entrar, trocou os dois alas e só aos 80 (!!!!) minutos coloca o segundo avançado em campo. Não há nada a dizer acerca da explicação... afinal Jardim percebe mais de futebol a dormir do que eu acordado. Contudo a pergunta que fica na cabeça de todos os adeptos do Sporting é: era MESMO preciso esperar pelos 80 minutos para tirar o André Martins? Apesar de ser apreciador das qualidades técnicas do André, as suas características não se adequam a todos os jogos... e este era um deles.  

O Vitória desde cedo colocou bastante intensidade no seu jogo, impondo o físico em todas as bolas disputadas e não tendo qualquer problemas em jogar feio, com muito chutão para longe, muitas bolas divididas no futebol aéreo, muitas bolas para a bancada. No geral este foi um jogo mais mal jogado do que bem jogado, com poucas oportunidades de parte a parte, onde os defesas estiveram em evidência, mas os guarda-redes nem por isso...
Em Guimarães, Jardim fez alinhar Carrillo de inicio, e, apesar dos assobios que ouviu quando foi substituído, gostei da sua exibição. Foi o único que fez a diferença em termos ofensivos, conduziu algumas jogadas com inteligência, ajudou até a defender, mas infelizmente nenhuma das suas iniciativas deu golo. Num jogo extremamente físico, Montero, entalado entre os centrais, poucas oportunidades teve de visar a baliza e não havia maneira do Sporting criar perigo. Esta análise podia já ser feita ao intervalo e é por isso que se estranha a entrada muito tardia de Slimani: Montero não conseguia ganhar bolas na frente, André Martins estava claramente em desvantagem na luta do meio campo, o tempo estava a passar e todos os lances pareciam acabar da mesma maneira. É certo que o Sporting teve vários cantos e livres a favor, mas até à entrada de Slimani, foram todos pouco mais do que inofensivos. Quanto ao argelino, continua a impressionar-me no rácio de golos por minutos jogados! Note-se que hoje concretizou uma outra oportunidade (lance anulado correctamente por fora de jogo), e teve um impacto muito positivo nos últimos minutos a segurar a bola no ataque. Uma aposta em cheio de Jardim, que só pecou por fazer toda a gente sofrer até tão tarde.

 

Os destaques de hoje vão para Slimani (mudou tudo), Maurício (a cargo da difícil tarefa de marcar Maazou, esse autêntico "corpo sem alma", esteve bem), Cédric (bom regresso, apoiou o ataque, defendeu com garra), William Carvalho (muito sereno, mesmo condicionado pelo amarelo que recebeu na primeira parte), Dier (exibição positiva)

 

Hoje o Sporting teve aquela ponta de sorte que lhe faltou na eliminatória da Taça contra o Benfica, e que já tinha tido em Braga. Segue-se o Paços de Ferreira e a luta por mais três pontos, num jogo em que espero sobretudo um futebol mais bem jogado, por parte das duas equipas. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Kirovski às 23:24


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Novembro 2013

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930