Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

CORTE LIMPO

Todas as fotografias neste blog encontram-se algures em desporto.sapo.pt, salvo indicação em contrário



Terça-feira, 16.06.20

Liga NOS, 27.ª jornada - CD Aves 0-0 FC Porto - Ter e não ter

AVEFCP.jpg

Lembram-se de 2017/18? Essa temporada em que Sérgio Conceição inventou onzes ao sabor das inevitáveis lesões e castigos? Para este jogo em casa do lanterna vermelha o FC Porto não ia ter laterais. Mas teve. Em campo teve avançados, mas na verdade não os teve. Como que por magia negra, eles tiveram a proverbial noite desinspirada em simultâneo. Quem começou foi Zé Luís, ao desperdiçar uma grande penalidade (22'). A falta foi duvidosa, pelo que se terá escrito por linhas tortas, mas com o jogo em 0-0 as consequências de não converter um penálti são mais gravosas. Quanto mais não sejam as anímicas. Entre o deve e o haver está sempre o mérito do adversário, e a defendê-lo estava, pois, o guarda-redes Fábio Szymonek, que assim pôde fazer esquecer Beunardeau, que deixou o Aves durante o interregno. Marega (59') e Soares (77'), foram a jogo, mas tudo o que tentaram ora saía mal, ora mais ou menos ao alcance de Szymonek, que ia brilhando. As cinco substituições, introduzidas temporariamente pelo bem físico dos jogadores, resultam numa salgalhada táctica em jogos como este, de teimoso 0-0. Ainda houve espaço para Aboubakar entrar (89'), mas seria mesmo Marega a ter a última oportunidade (90'+6'), com um remate em boa posição para nova defesa vistosa de Szymonek. E o golo salvador ali tão perto... O sacrificado da noite seria mesmo o lateral direito Tomás Esteves, que estava a fazer um bom jogo mas saiu nesse minuto 59, quando o técnico alterou para um esquema de três centrais, aproveitando ser Diogo Leite quem estava na lateral oposta. Reflexo de um Aves pouco interessado em mais que resistir como puder à tenebrosa aproximação das negras nuvens da descida. Sérgio Oliveira, de meia distância, também tentou romper o golo (81'), mas nem assim. Pela quarta vez em cinco possíveis até ao momento em que terminou este jogo, um dos dois da frente perde pontos. Desde o recomeço, claro. O que mais virá por aí, enquanto, e se, for possível jogar?

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Miran Pavlin às 23:59



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Junho 2020

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930