Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

CORTE LIMPO

Todas as fotografias neste blog encontram-se algures em desporto.sapo.pt, salvo indicação em contrário


Sábado, 14.12.13

Sporting 3 - Belenenses 0 - Contra o Autocarro

 

Este jogo acabou por ser um dos menos interessantes desta época, sem ter sido uma má exibição do Sporting. Infelizmente o Belenenses veio formatado para o 0-0, com um 4-5-1 muito possante e pressionante, que nem por estar a perder mudou de figurino. Deste modo, as oportunidades de golo escassearam de parte a parte, mas felizmente sem grande prejuízo para o Sporting. Era escusado esta atitude excessivamente defensiva do Belenenses (o guarda-redes começou a perder tempo logo nos primeiros minutos) assim como era escusado o equívoco do arbitro auxiliar no penalty que deu origem ao primeiro golo do Sporting (a haver falta é ainda fora da área). É certo que a seguir ficou por assinalar um penalty (desta vez existente!) sobre o Montero, mas de qualquer forma, a vitória é incontestável já que o Belenenses praticamente não existiu em termos ofensivos durante todo o jogo. Mais um bom jogo de André Martins, a mostrar a sua importância contra equipas que jogam muito recuadas, e do resto dos elementos do meio campo (Adrien & William) que disputaram dezenas de bolas no meio campo, muitas vezes em inferioridade numérica. É certo que Montero não marcou (dispôs apenas de uma oportunidade, de resto andou sempre entalado no meio dos centrais), mas felizmente e mais uma vez, o Sporting mostrou que dispõe de alternativas ao colombiano, com a curiosidade de hoje os 3 golos terem sido marcados por 3 jogadores made in Alcochete.

 

Destaque para as exibições de André Martins (um golo e uma assistência), Adrien & William (muita luta), Carrilo (mais consistente, assiste no segundo golo) e Wilson (entrou a tempo de marcar)

 

Confesso que continuo a entender o posicionamento de Capel na direita e Carrillo na esquerda. Desta forma, os ataques pelas faixas laterais raramente são concluídos pelos dois extremos e ficam dependentes da subida dos laterais. Este entrave teve, a meu ver, também influência no baixo número de oportunidades criadas a Montero. Mas Jardim la sabe.... e pelos vistos sabe bem. 

Segue-se o Nacional, uma equipa tradicionalmente difícil e bem orientada. Será necessário manter os mesmos níveis de concentração e a mesma atitude, que felizmente a equipa tem vindo a manter apesar de entre os adeptos começar a haver uma ligeira euforia disfarçada... hoje foram 37000 nas bancadas, e daqui a uma semana serão certamente tantos ou mais. Um prémio merecido para a qualidade que a equipa tem demonstrado.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Kirovski às 22:29

Segunda-feira, 23.09.13

Sporting 1 - Rio Ave 1 - O primeiro resultado negativo da época

... e foi o primeiro resultado negativo da época, não necessariamente devido ao resultado (empate) mas sobretudo devido ao rendimento da equipa. Ao contrário das equipas rivais, o Sporting ainda está um pouco longe do patamar em que consegue ganhar mesmo jogando mal e, assim sendo, não tendo jogado bem, o Sporting não conseguiu ganhar desta vez. É certo que o Rio Ave teve também mérito neste resultado: pressionou bem, tapou bem os construtores de jogo do Sporting e apresentou uma boa atitude e entrega. Pelo contrário, o Sporting, após se apanhar em vantagem (através de um lance, no mínimo, estranho) baixou o ritmo (que já por si era baixo...), passou para o modo super-poupança de esforço e foi sem surpresa que não conseguiu segurar a vantagem até ao final. Apesar da euforia do inicio de época (normal, dado o terror da temporada passada), mesmo tendo um calendário menos preenchido, a equipa do Sporting ainda está longe da consistência que o treinador e dirigentes pretendem. Há jogadores que anda mantém a irregularidade da época passada (Carrillo), outros que estão no processo de aprendizagem (Dier, William) e infelizmente não há milagres que mudem tudo repentinamente. 

 

Destaco a exibição do Wilson Eduardo (um excelente golo, numa situação em que falharia 9 em 10 tentativas!), do Jefferson (ainda a manter uma regularidade agradável) e Montero (quase marcava na única oportunidade digna desse nome). 

 

É certo que Montero deixou de marcar (algum da teria de ser), e o rendimento da equipa baixou para níveis preocupantes sem que nada o fizesse esperar, mas espero que a tendência seja para melhorar, aumentando a consistência aos poucos. Interrogo-me se Slimani não deverá ter a oportunidade de jogar mais minutos contra este tipo de equipas e se André Martins conseguirá impor o seu futebol contra equipas fisicamente mais agressivas (Vítor está à espreita). Segue-se o Braga, que nos fez o favor de levar o Prof. Jesualdo para o Minho, num jogo que será tão ou mais difícil quanto este. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Kirovski às 16:43



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Agosto 2019

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Posts mais comentados